sábado, 1 de maio de 2010

Ilustração: Tipika
"Mas passou. Hoje te conto.
E lembro daquela história zen,
o rei que pediu ao monge um talismã
que o protegesse de qualquer mal.
O monge deu ao rei um anel,
com a recomendação de abri-lo
só em caso de extremo perigo.
Um dia, o castelo foi cercado
pelos inimigos,
e o rei encurralado numa torre.
Ele abriu o anel.
Dentro, havia um papelzinho dobrado.
Ele abriu o papelzinho
e leu uma frase assim:
“Isto também passará”."

(Caio F.)

5 comentários:

  1. Maravilhoso Caio! Tudo o que foi escrito tem sempre profundidade, sentimento. Amo!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Tudo passa,tudo mesmo,até a gente.
    lindo,beijokas de uma estrela vespertina com todo meu carinho!!!

    ResponderExcluir
  3. "Mas tudo passa tudo passará. E nada fica nada ficará..."
    ;*

    ResponderExcluir
  4. Se tudo passa, talvez você passe por aqui...

    ResponderExcluir
  5. Amr, tem selinho para você no meu blog ;D
    http://reino-de-copas.blogspot.com/

    ResponderExcluir